quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Lá na praia...

(Arraial do Cabo, 01/2011)

Paixão quando acontece é assim
Quando alguém para pra perceber
Diz que contaminou sem alarde
Começa a crer que tristeza tem fim
E observa sem conseguir conceber
Que o melhor é o que mais arde