sábado, 27 de setembro de 2008

futuro


ei, bonita, ei, bonita,

menina-futuro, sinto a sua chegada...

sinto o cheiro da sua cultura,

por mim ignorada...

o pouco que sei sobre você, lugar mágico,

é a futura calma do espírito

que você vai me trazer, sua sedução...

sinto seu leve torpor de metrópole

sinto os novos campos, sinto os novos ares

eles vêm chegando em nossos peitos

nos embalandos com sonhos de paraíso

seus museus, seus parques, suas livrarias...

invadem meus sonhos na noite fria de chuva

sei que dormir em seus cobertores será a glória

sei que bebericar o seu vinho será como provar o néctar doce infantil

sei que amar meu amante sob as suas asas será como sentir a benção de Afrodite



então aguardo, então respiro e espero... o nosso encontro.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

alceu de graça no açougue cultural


eu vou

eu vou

eu vou


num taxi pra estação lunar... =)

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

aniversário do café balaio


um lugar onde tem buffet de almoço no almoço
e la carte de cafés em quaisquer outros horários..

onde vc pode sentar com seu amor e tomar um vinho

um lugar onde vc pode assistir a uma sessão de cinema

um lugar agradável que mistura os quitutes tradicionais do nordeste

com elementos da culinária internacional contemporânea



um lugar com elegância, com exposição de arte, com artesanato pra comprar



um lugar que me remete a muitas memórias especiais com pessoas diferentes.

fazendo aniversário de 2 anos, e comemorando com uma grande festa ao som do Criolina

e muita, muita gente interessante, diversos ambientes, pessoas dançando

pessoas sentadas, pessoas degustando vinhos, outras degustando fumos,

a questão é: valeu muito a pena ter ido, uma festa que por mim se repetiria todo mês!



mas aniversário é só uma vez por ano - PARABÉNS, CAFÉ BALAIO!

e obrigada por 2 anos de lembranças imperdíveis em uma vida!

domingo, 21 de setembro de 2008

thank you, all!


gente. eu recomento esse livro com força!

graças ao Bruno fui atrás dele.

cresci e to crescendo muito esse ano com acréscimos dos meus amigos.

Paula e a vasta cultura brasileira, a voz e as agulhas, música e N trabalhos manuais...

Carol, trouxe pra minha vida o Thelonious e a arte contemporânea...

Bruno, nossas conversas sobre literatura não estão na lista do Mastercard...

NÃO TÊM PREÇO MESMO.


ai, ai... bonus, brindes, kits mágicos, tudo graças a uma deliciosa convivência!

nessas horas eu digo, trabalhar é bom demais!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

rooibos"ations




uma manhã com rooibos tea




e consultas deliciosas a minha mais nova aquisição...




what more could I ask for?




renovada pro dia mais estressante da semana!




pode vir quente, dona quinta-feira, que hoje eu to fervendo

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

nossas diferenças são míseros guardanapos


tudo tão nosso, tudo tão compartilhado...

o que vc gosta de fazer, eu também gosto

e cara, é interessante pensar que não nos adaptamos um ao outro

não conseguiram nos separar nunca por causa dessa afinidade

por causa desses gostos em comum

passamos por coisas loucas e dolorosas na vida mais ou menos na mesma época

sentíamos raiva das pessoas pelo mesmo motivo

sentíamos pena de outras (e sim, achamos pena um sentimento nojento) nas mesmas situações

éramos inconseqüentes ao mesmo tempo

era sincronizado a irresponsabilidade, o nosso "tocar o foda-se"

era sincronizado nosso fogo, nossa euforia física

era sincronizado a vontade e o descontrole das mensagens de celular proibidas na madrugada

era tudo muito parecido com uma sinfonia

já tocamos juntos a sinfonia do rock'n roll, a sinfonia do choro, a sinfonia do foda-se,

a sinfonia do arrependimento, a sinfonia do medo, a sinfonia da perdição,

de repente eu cansei de tudo, e logo depois vc

eu disse que tava caindo fora pra viver uma vida mais calma, mais serena,

com mais espaço pra respirar, pra suspirar, pra limpar aquele atropelo

e vc me pediu pra eu te deixar viver isso comigo

eu saí de casa, vc saiu no mesmo dia

eu voltei a estudar, vc também voltou

eu recomecei a trabalhar, vc também recomeçou...

vc entrou numa onda de beber menos, eu também entrei,

vc entrou numa onda de aproveitar o parque, eu também entrei...

vc sugeriu o Rio de Janeiro, eu adorei, nos divertimos demais lá

coisas engraçadas te aconteceram, aconteceram pra mim ao mesmo tempo

gostamos de comer as mesmas coisas

adorams ouvir as músicas da nossa casa, adoramos os nossos amigos,

damos atenção às famíliasumdo outro por afinidade, não por obrigação,

eu AMO andar de fusca! vc ADORA dirigir o ka!

eu adoro suas roupas rasgadas, vc adora meus outfits + make-up

eu adoro o seu cabelo louco, vc adora meu cabelo vermelho e até a raiz loirinha...

vc adora o que eu cozinho, eu aaaaaaaaaaaamo quando vc preparar special dishes!


pensei nas nossas diferenças... diferenças no sentido ruim da palavra. achei uma.

vc não foi criado com guardanapo de pano decorativo na mesa do jantar.

eu gosto.

vc não.


acho melhor a gente terminar esse casamento. hahahahaahahahahahahahahahaha!


ama, né? eu sei, seu bobão.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

e começou uma nova primavera


meu aniversário dois mil e oito


sexta-feira: voltando às raízes com Seu Estrelo e o Fuá no Terreiro

sábado: acabaaaando com a boate, no Espaço Galeria

domingo: um dia hippie, no Parque da Cidade, estacionamento 4


e a linda primavera tocando sua sinfonia para cada uma das festas...

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

esse é pra minha amiga compriiida


ei, menina compriiiiida, to com vergonha de vc.

to com muita vergonha...

preciso por pra fora o que eu to sentindo aqui.

vc ta passando por um esquema gosmento, ruim...

e eu, sem sensibilidade nenhuma,

sendo 100% mimada por vc,

querendo saber como vai ser a grande noite do meu sábado,

me imaginei dançando com vc

me imaginei rindo muito com vc

me imaginei segurando copos com vc

como se eu não soubesse do que ta acontecendo.

fiquei muito triste comigo mesma...

e quero te dizer que desde a sinuca, tenho pensado nisso.

mesmo sem querer eu penso nisso.

eu não quero te fazer ir pra algum lugar comigo,

algum lugar que vc não ta no clima de ir...

resolvi que o melhor pra mim vai ser fazer alguma coisa

que todo mundo queira fazer... então vê aí, amiga qüen qüen...

só vamos dançar se isso for te fazer bem e quem sabe melhorar o "mood" da vida, ok?

me desculpe pela insensibilidade, me desculpe também pelo egoísmo mesquinho.


eu adoro vc e eu sei que vc me adora também, não quero macular nada disso. =)

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

hey cindy!


Lying in my bed, I hear the clock ticks, and think of you

Caught up in circles, confusion is nothing new

Flash back, warm night, almost left behind

Suitcase of memories...

Time after


Sometime you pictured me,

I'm walking too far ahead

You're callin' to me, I can't hear what you've said

You said, "Go slow, I fall behind"

The second hand unwinds...

If you're lost, you can look and you will find me,

Time after time

If you fall I will catch you, I'll be waiting,

Time after time I turn, my picture fades, and darkness has turned to grey

Watching through windows, you're wondering if I'm okay

Secrets, stolen, from deep inside,

The drum beats out of time...

If you're lost, you can look and you will find me,

Time after time If you fall I will catch you, I'll be waiting,

Time after time If you're lost, you can look and you will find me,

Time after time If you fall I will catch you, I will be waiting,

Time after time

Time after time...

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

I love CHERRIES




I love cherries in the springtime.


I love cherries in the fall.


I love cherries in the winter when it drizzles,


I love cherries in the summer when it sizzles.




I love cherries every moment, every moment of the year.




(a play on music)

idiomzzz...


"an ounce of prevention is worth a pound of cure"


expressões idiomáticas me ajudam nas melhores coisas

e com a maior rapidez e praticidade

estou desesperada

penso em 1

plim!


problema resolvido.

essa semana vou deixar tudo adiantado

pra não ter a semana de cão que eu tive com esse ínicio de mês.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

why, why, why?


why do you look at me like that?

why do you frown when you talk to me?

why do you hate everything I suggest?

why do you want to be an adult?

why do you want to be a grown up girl?

why do you hate being 14?

why do you write on your desk?

why do you reject the task?
why do you pretend you don't care?

what's on your mind? never mind... I'll dig it up...

I want to understand you, I really do.

beautiful girl, gorgeous looks, trendy clothes, a shiny smile...


you're angry about something, I know that, I'll not let you fall with your arrogance,

you won't fall... not with me.

SPLASH!


conversar com os amigos pode me refrescar,
ouvir os problemas de quem vem me procurar também.
Bobby Mcferrin pode ser extremamente refrescante;
chegar em casa...
incenso aliado ao chão frio daqui de casa refresca com certeza,
esquecer de gente insignificante e doente também.
lembrar de gente significante que está longe...
tomar um banho à luz de velas.
ver filme com meu amor antes de dormir,
sentar em meio às plantas da Dona Terezinha,
planejar a próxima viagem.
eu preciso de frescor várias vezes ao dia na minha vida,
mas nem sempre eu lembro como consegui-lo...
agora vou lembrar, afinal, percebi:
por necessidade ou não, a minha vida é muito refrescante.