terça-feira, 31 de julho de 2012

Sr. Mário Quintana,

eu quero aquele amor que dorme quentinho,
que dorme comigo, abraçado e me embala,
eu quero aquele amor que saiu para trabalhar
e fez meu relógio andar para trás de tanto tempo
que passou... eu quero agora, quero sim.
Quero dar "corda no relógio do mundo"...

Aquele mesmo, que você explica
em seus poemas, aquele que expôs meu pobre
coração ao nu, como você diz. Aquele que é
ridículo por ser alheio a quem não o vive...

Uma vez, Mário, você me mostrou que meu
amor ama melhor quando ama como o seu
poema "Bilhete"... e isso fez com que o que
atravacava, passasse... pois até hoje, eu
passarinho, Mário... pois aconteceu comigo
aquilo que você disse em "A vaca e o hipogrifo",
você disse assim... 

"Seja um poema, uma tela,
o que for, não procure ser diferente (...)"
O restinho fica entre eu e você. 

sábado, 28 de julho de 2012

Sampa

(SP - divulgação)

Bom, esses dias em Sampa com tantas amigas que viajaram comigo
para me dar apoio foi agitadíssima e muito louca, muitas risadas e 
muitos taxis, muitas ruas famosérrimas e o ritmo frenético de Sampa,
me mostrando a província das minhas veias, realmente minha vida é
muuuuuuito mais calma do que a dos paulistas, meu! =) Mas que pessoas
agradáveis... serviços excelentes, uma megalópole que tem que mostra
na atitude de seus habitantes que "pode vir que cabe mais um" ... shocking!

(WTC - SP - divulgação)

Comecemos então pelo lugar onde foi o congresso... o tal WTC!
Um monstro enorme com um subsolo feito de shopping center e 
andares superiores construídos milimetricamente para receber os 
maiores congressos, seminários, simpósios, encontros, conferências
internacionais, botando toda a banca que eu nunca tinha visto na vida
de luxo e de tecnologia. Localizado no bairro chamado de Brooklin.
Ele é um complexo empresarial que faz parte da 
World Trade Centers Association, conhecida como uma 
organização fomentadora de comércio internacional do mundo, 
com mais de 290 cidades membros espalhadas por 85 países.
Mas nem de longe essa foi a maior delícia da cidade.

(Rua Augusta - SP - divulgação)

A exigência de todas as minhas 5 amigas era que ficássemos
hospedadas no centro da cidade, o mais perto possível da tão falada
Rua Augusta (tchan tchan tchaaaaan!) - realmente essa rua merece
a fama, é cheia de vida as lojas abertas em plena noitada, pessoas com
uma caipirinha na mão, a carteira na outra, experimentando uma bota na 
loja, um lencinho num camelô, paquerando nos barzinhos... tem mil bistrôs!
Quem me conhece sabe que eu sou completamente fascinada por cafés
e bistrôs, e lá na Augusta tem um monte desses e mais bares, botecos pé
de chinelo, padarias, lachonetes, restaurantes caros, boates, lounge pubs...
tudo o que pede uma bela noite e parece ser assim simplesmente o tempo
todo. Destaque para a loja colaborativa onde comprei algumas coisinhas:
Essa loja abriu em Brasília recentemente, mas com produtos daqui do DF,
que eu já conheço e adoooooro! Recomendo pra quem mora aqui. <3
O fantástico sobre a loja: o que as pessoas querem vender. Além de serem
coisas de qualidade, são feitas com mto esmero por quem quer expor.
As vitrines são pequenas células, cada "vendedor" tem uma célula e 
a decoração de uma é totalmente diferente da outra, mas... todas são lindas!
Acho que passei uma hora inteira lá dentro da de SAMPA, perdida,
porque ela é imensa. A música é perfeita, tudo estimula vc a ficar lá dentro.

(Avenida Paulista, com destaque para o MASP - divulgação)

Próximo ponto: a Avenida Paulista <3 Enoooooooooorme
e cheia de coisas para ver e conhecer, os orelhões são pintados, às
vezes até esculpidos. Lindos de morrer, dá vontade de fazer uma ligação
só pra usar eles... é claro que o destino almejado nessa rua, mais que
qualquer outro foi o MASP, esse aí com os pilares vermelhos.

(destaque para o orelhão lindo <3)

O MASP realmente é interessante, todo mundo fala, né?
É um prédio que eu acredito que muitos brasileiros conheçam
só de ouvir falar, mas o que mais apreciei nele não foi a arquitetura,
nem as exposições, nem o bloco de concreto, nem o Chateaubriand.
Foi o que rola embaixo dele, é intervenção, é monólogo, é peteca,
poesia sendo distribuida, é completamente vivo ali embaixo. 
Vale a visita com certeza absoluta, fiquei encantada.

(Rua 25 de Março - divulgação)

Meu Deus! Caos! Caos! Caos! Essa rua é uma loucura!
Loucura absoluta! Lojas de tudo o que existe no mundo,
bancos, burocracias, gente correndo, gente roubando,
pega ladrão, trânsito do mal, gente que tem pequenos negócios
comprando matéria-prima em lojas de negócios menores ainda.
Indescritível, não consigo falar muito sobre ela, só indo lá e 
sentindo a atmosfera do lugar, foi onde minhas amigas mais piraram
com COMPRAS! Tem ponta de estoque de todas as lojas fodas.
Elas fizeram a festa por lá, as comprinhas que me interessaram
mais foram feitas na Augusta mesmo. =)
(Mosteiro de São Bento - SP - divulgação)

Destaque para o Mosteiro de São Bento, que eu ouvia meus pais 
mencionarem muito, é lindo mesmo! Por dentro é ainda mais e se
você for sortudo(a) pode dar de cara com o canto gregoriano sendo
performado dentro desse visual aqui: 

(Mosteiro de São Bento - SP - divulgação)

Esse mosteiro é realmente a "jóia beneditina" em Sampa.
Claro, em 3 dias e 2 noites eu não ia conseguir conhecer quase
nada de Sampa, mas acho que até que dei uns "rolês" bacanas
e consegui ter um aproveitamento bom por lá para visitar algumas
das mil coisas que eu queria conhecer, como a Liberdade,
o Mercado Municipal, a feira da Benedito Calixto, o Ibirapuera...
tudo isso! Mas virão outras oportunidades, com certeza.
Ah, esqueci de mencionar a festa! A festa da ABCI foi no Morumbi,
o "templo sagrado" dos são paulinos, no camarote vip, um puta festão, meu!
Com vista para dentro do verde do estádio! Lindo! Valeu, Sampa! 

(área vip do Morumbi)

segunda-feira, 16 de julho de 2012

ABCI 2012


Foi tudo de bom! Uma coisa pra mim ficou muito clara por lá:
Os melhores profissionais são com certeza os mais motivados,
não os que têm melhor formação, ou o maior currículo, ou a
maior carga horária, ou o cargo mais alto, o melhor salário. 
Não adianta, motivação, o cara pode começar a carreira dele
lá de baixo, pode ser o funcionário mais mal pago, se ele tiver 
motivação, ninguém segura esse cara, ele vai ter idéias, e vai
pensar muito nelas, o tempo quase todo, eu me arrisco a dizer.
O funcionário motivado pode voar dentro de uma empresa e 
resolver problemas que talvez nem sejam da sua alçada, e por
causa da motivação. Motivação é diferente de ganância. Muito
diferente. Uma coisa não necessariamente exclui a outra, mas a
motivação movida pela ganância é tão transparente que chega
a ser ridícula de tão óbvia. Mesmo o melhor dos atores não 
consegue passar despercebido. Ele vai ser visto porque vai 
ser um pouco egoísta. Nesse evento, eu assisti muitas palestras
de ELT e EFL, e dá pra perceber um brilho no olhar de quem 
fala sobre alguma coisa com motivação altruísta, com vontade 
de ensinar. Essas são as pessoas que motivam os outros, essas
são as pessoas que plantam idéias e renovam atitudes na sua platéia. 
Minha apresentação foi muito boa, me senti segura na
medida do possível, e as pessoas que me assistiram foram de
novo muito amáveis, fizeram perguntas interessantes e vieram
para a frente no final para pegar o meu contato por escrito, eu
tinha colocado todos os meus contatos (Facebook, Twitter, mail)
no último slide, mas elas quiseram vir me dar os delas. Apareceu
uma proposta enorme, para o meu projeto. Estou com a cabeça
a mil. Estou renovada. E tão cheia de idéias que eu não consigo
nem descansar direito enquanto durmo, meus sonhos estão
acontecendo na escola, com alunos fazendo coisas mirabolantes.
Realmente valeu demais ter ido lá. Isso sem falar de Sampa...
Mas deixa a cidade para outro post. Thank you, ABCI.
http://www.abci2012.com.br/


sábado, 7 de julho de 2012

Check List


Ok. Two seminars down. bang! bang!
Apresentei os dois essa semana que passou,
foi tranquilo e eu estava relativamente bem
preparada, só o tempo do segundo que foi
curto demais para eu dizer tudo o que eu tinha
que dizer, então dei uma corrida no final.
Essa semana, terminar os dois últimos trabalhos
finais de disciplina e entregar. (checked)
Entregar tudo o que tenho que 
entregar no trabalho, provas, documentos de
justificativa de falta e livros didáticos (checked)
Consertar o teacher's diary, assinar acordo de
férias, assinar folhas de ponto e preencher o 
banco de horas. (checked)
Viajar pra São Paulo quinta de manhã e apresentar
na ABCI. (checked)
Voltar no sábado, fim da ABCI e fazer as malas
pra fazer a MEGA TRIP com o amori. (CHECKED)
uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!
Se eu der conta dessa semana, eu dou conta de 
qualquer outra coisa na vida. Let's see. =)

quinta-feira, 5 de julho de 2012

cotidiano


sou fiel,
te amo,
te respeito,
na alegria e na tristeza,
na saúde e na doença,
todo santo dia.
=)

terça-feira, 3 de julho de 2012

Surtando em 3... 2... 1...


Deusa Sarasvati, eu venho pedir sua 
grande ajuda, humildemente.
Dois seminários para apresentar.
Um amanhã, quarta, outro na quinta.
O de quinta tá pronto. Lindo, radiante!
O de amanhã ta metade pronto. Pirei.
Não consigo terminar... enlouqueci.
Estou em crise com Todorov: nosso 
relacionamento está confuso, estou no 
momento trocando ele por qualquer outro
que passar na frente, Wittgenstein, Jameson,
Scott, Foucault, Benjamin, Berkeley, Deleuze,
até o caquético Descartes, Habermas...
QUE CAOS! Meu relacionamento com
Todorov era o mais sereno e pacífico nessa
vida de universidade... e agora essa reviravolta,
essa enxurrada de sentimentalismo nos textos...


O que está acontecendo, meu filho? Mudou
de nacionalidade e não me falou? Agora ficam
os outros dando mole na estante, se mostrando,
com suas capas coloridas e atraentes, me 
piscam, me jogam gracejos... assim eu abandono
o texto e tiro todos os outros da estante e
esqueço meu velhinho do cabelo huff-puff.
Ahhhhhh! O que está acontecendo? 
Onde está o meu autocontrole?