terça-feira, 1 de agosto de 2017

Medicinas


Um parto mais tranquilo acontece quando o bebê está 
virado de cabeça para baixo com as costas bem no meio
da barriga, ou se possível, com as costas à esquerda. 
Assim ele pode fazer aquela viradinha clássica antes de
sair pelo canal, coisa que para eles é totalmente instintiva.
O nome dessa posição é cefálica com dorso à esquerda.
Um bebê na transversal, ou seja, deitado com a cabeça 
num lado da barriga e os pés na outra lateral, é além de
desconfortável na gestação para algumas gestantes, uma
posição mais complicada para quem está buscando o parto
vaginal. Entretanto, algumas medidas podem ser tomadas
caso seja essa a situação do seu bebê. Versão cefálica externa
pode ser feita manualmente por algum médico que tenha
experiência com a técnica, e é uma massagem monitorada
pelo aparelho de ultrassom, pois a pressão das mãos e a 
torção do bebê pode dar início às contrações do parto.
Essa técnica só é recomendada em algumas semanas da
gravidez, pois conforme o bebezinho cresce, ele tem menos
espaço para se mexer dentro da bolsa e os movimentos numa
bolsa ocupada em capacidade quase máxima, pode vir a romper
antes da hora. Fora isso, essa não é a única medicina que existe.
Se você se encontra entre a 32ª e a 35ª semanas, a medicina 
chinesa pode te ajudar de uma forma bem mais tranquila. 
A acupuntura atua nos canais energéticos do corpo, e no caso,
os pontos utilizados no corpo da mãe para estimular o bebê a 
se mexer até encontrar a posição mais confortável são muitas
vezes estimulados não somente com agulhas, mas também com
um auxílio extra de moxabustão. Muito impressionante os 
recursos aos quais temos acesso no nosso país hoje, é só mais
uma confirmação de que a interação entre culturas é uma das 
maiores dádivas que viemos experimentar nessa vida.

Nenhum comentário: